Projectos empresariais do Portugal 2020 vão criar 23 mil empregos

O ministro do Planeamento e das Infra-estruturas diz que um terço do emprego que será criado é qualificado e que os projectos terão um impacto de mais 6.300 milhões de euros nas exportações.

O ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, anunciou esta quarta-feira 14 de Setembro, no Parlamento que os projectos empresariais já contratualizados e os que espera contratualizar tendo em conta as candidaturas mais recentes aos fundos comunitários Portugal 2020 "tem um valor de 23 mil postos de trabalho ao longo da execução dos projectos".

O ministro sublinhou tratar-se de um "um número signficativo" e em que "cerca de um terço é emprego qualificado", ou seja 7.200 postos de trabalho.

O objectivo em termos de criação de emprego está contratado nos projectos de investimento apresentados. A criação de emprego é um dos critérios que é avaliado na apreciação das candidaturas aos fundos comunitários do Portugal 2020, sendo que está prevista a possibilidade de uma parcela do apoio passar a fundo perdido se forem criados ainda mais postos de trabalho.

De acordo com Pedro Marques, estes projectos podem também ter um impacto de mais de 6.300 milhões de euros nas exportações.

O ministro revelou ainda que são já cinco mil os projectos do Portugal 2020 aprovados ou a aprovar nos próximos meses.

Fonte: http://www.jornaldenegocios.pt
Data: 14/09/2016